Efeito estufa: afinal, o que é?

Muitas vezes apontado como problema, o efeito estufa é, na realidade, um fenômeno natural e necessário para a vida no planeta.



A Terra é envolta por um conjunto de gases que formam a atmosfera. Esses gases são conhecidos como gases de efeito estufa (GEE), e o dióxido de carbono (CO2) é o mais abundante deles. Eles funcionam como cobertores e impedem que parte do calor que chega à Terra seja liberado: isto é o efeito estufa.


O efeito estufa garante a temperatura do planeta adequada à vida humana e de outras espécies. Se não fosse por ele, o planeta seria congelante, com temperaturas cerca de 30°C mais frias. Entretanto, a quantidade de GEE liberada na atmosfera interfere diretamente no efeito estufa. Quanto mais desses gases estão presentes, mais quente o planeta fica.


Cada uma das últimas quatro décadas foi, sucessivamente, mais quente do que qualquer década anterior a ela.


Esse aumento da temperatura – que chamamos de aquecimento global – tem consequências de longo prazo no clima e nos sistemas naturais do planeta. Atividades humanas são as principais responsáveis pelo aumento da concentração de GEE na atmosfera e, consequentemente, pelas mudanças climáticas e os eventos extremos que advém delas.


A transição para uma economia de baixo carbono é essencial para que o objetivo estabelecido no Acordo de Paris, de limitar o aquecimento global a 1.5°C, seja alcançado. Estratégias de redução e compensação de carbono são importantes para a estruturação dessa nova economia.


Com a Orma, você compensa as emissões de GEE da sua empresa, torna os seus serviços carbono neutro e contribui para a construção de uma economia mais sustentável.


Acesse nossa página inicial para saber mais sobre esta e outras soluções que a Orma tem para oferecer.


#efeitoestufa #gasesdeefeitoestufa #aquecimentoglobal #mudançasclimáticas #economiadebaixocarbono #compensaçãodecarbono

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo