Sustentabilidade e lucratividade caminham juntas

Investir em sustentabilidade gera valor para o seu negócio, para o planeta e para a comunidade.


Não é mais sobre o que a sua empresa deseja fazer no futuro: é sobre o que ela está fazendo no presente. Ações que visam proteger o meio ambiente e a sociedade são esperadas por consumidores, investidores e demais partes interessadas.


Talvez você até já saiba disso, mas estudos mostram que, apesar de 80% dos CEOs enxergarem sustentabilidade como uma forma de gerar diferencial competitivo e 81% acreditarem que ela é importante para as decisões de compras dos clientes, apenas 33% pensam que seus negócios estão se esforçando para enfrentar os desafios globais de sustentabilidade.


Muitos relatam que uma das principais causas para essa falta de ação é a pressão para entregar resultados em um curto período de tempo. Mas tornar os seus produtos e serviços mais sustentáveis é uma demanda urgente e crescente, e isso reflete diretamente no retorno financeiro da sua empresa.


O uso eficiente de recursos e a inovação de processos tende a aumentar a margem de lucro do seu negócio. Além disso, empresas que se destacam na esfera de sustentabilidade apresentam melhor desempenho operacional e são uma escolha menos arriscada para investidores.


Na relação com os consumidores, apresentar ações sustentáveis é essencial também. No mundo, 72% do público consumidor diz estar disposto a pagar mais por produtos sustentáveis. Um dos principais fatores considerados são as emissões das empresas.


Ofertar um ótimo serviço ou confeccionar o melhor produto do mercado já não é o suficiente. Agora é necessário, mais do que nunca, apoiar causas que geram impacto positivo. É bom para o planeta, é bom para o seu negócio.


A Orma pode ajudar a sua empresa a se tornar mais sustentável e engajada no combate às mudanças climáticas. Acesse nossa página inicial para saber mais!


#sustentabilidade #compensaçãodeemissões #propósito #ESG


Fontes: From the Stockholder to the Stakeholder e Nielsen


8 visualizações0 comentário